quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Voltando no Tempo


SETEMBRO 71
Hoje que entendo da vida
é quando mais me perco
e não sei se sigo ou paro...
se fico ou calo, se ando ou canto
ou desando a gritar
-
Hoje que mais tempo vivi
as belas coisas que eu senti
não vejo em mim brotar
não voo mais em viagens fantásticas
não vejo mais cores luzentes plásticas
-
e no imenso do concreto
perco todo meu afeto
nos gases da poluição esvai-se toda emoção
-
e quando olho para o céu, lacônico
o que vejo é se erguer
um grande cogumelo atômico!

Um comentário:

  1. Letra da música setembro de 71 feita para o festival de música de Monlevade!

    ResponderExcluir